Relatório divulga dados sobre denúncias ao ‘Ligue 180’

A Secretaria brasileira de Políticas para as Mulheres (SPM) apresentou em Brasília, um balanço trimestral do trabalho da Central de Atendimento à Mulher – o Ligue 180. A exposição dos dados é uma forma de mostrar à sociedade e ao poder público as tendências com relação aos casos de violência de gênero no período de janeiro a março deste ano.

Durante estes meses, a Central Ligue 180 registrou 201.569 atendimentos. Deste total, 24.775 foram denúncias de violência. A violência física, – que engloba desde lesões leves até assassinato – segundo aponta o relatório da SPM, continua no topo das reclamações. Foram 14.296 atendimentos (58%) relatando este problema. Destes casos, 13.296 foram classificados segundo o risco percebido pela vítima. Em outros 7.000 casos a violência representou risco de morte para as mulheres e em 6.025 atendimentos as mulheres relataram ter sofrido espancamento.

O balanço da atuação da Central de Atendimento à Mulher também mostrou que em 24,5% (2.580) das situações de violência as crianças também foram agredidas. Ao contrário do que se pode pensar, os agressores são homens que conhecem bem as mulheres e têm considerável tempo de relação com as vítimas.

Ligue 180

O Ligue 180 funciona 24 horas, todos os dias da semana, até mesmo nos feriados. Ao acessar este serviço, as mulheres recebem informações sobre o que devem fazer caso sejam vítimas de algum tipo de violência.

Fonte: Portal de Notícias Adital

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s