Emissora é processada por violação de direitos humanos

O Ministério Público Federal da Bahia propôs ação civil pública contra a Rádio e Televisão Bandeirantes daquele estado (Band Bahia) sob a alegação de que a emissora transmite programas que ofendem diversos princípios constitucionais e de direitos humanos.

A ação se refere ao programa Brasil Urgente Bahia, veiculado de segunda a sexta, em horário de proteção à criança e ao adolescente. Nele, são entrevistadas pessoas sob custódia do Estado que cometeram algum tipo de delito, em geral, indivíduos pobres e negros, tratados com tom de deboche e ironia.

A ação, de autoria da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, pede que a União seja responsabilizada por omissão em seu papel fiscalizador quanto à classificação indicativa dos programas de televisão. Além disso, pede-se que a emissora seja obrigada a custear a produção de programas televisivos que promovam os direitos humanos.

Fonte: Agência de Notícias Andi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s