Brasil é referência contra trabalho infantil

A atuação do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) no combate ao trabalho infantil rendeu ao Brasil o reconhecimento do ativista indiano Kailash Satyarthi, indicado ao Prêmio Nobel da Paz em 2006 após 25 anos dedicados ao resgate de crianças em situação de exploração. Convidado para abrir o seminário Trabalho Infantil, Aprendizagem e Justiça do Trabalho, promovido pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), Satyarthi chamou a atenção para o fato de o país ter virado uma referência mundial no combate à exploração de menores e reforçou a importância de que a liderança dessa luta seja ocupada pelos brasileiros.

O ativista estima que, no mundo, 218 milhões de crianças trabalhem em más condições e que 20 milhões delas sejam escravizadas. Ele calcula ainda que tenha participado do resgate de mais de 60 mil menores em condições degradantes de trabalho. “Mas não devemos apenas levantar a bandeira do que já foi feito. É o momento de assumirmos a liderança, para construirmos um novo mundo e espero que vocês assumam essa liderança, para que o mais rapidamente possível possamos ver o fim do trabalho infantil”, disse Satyarthi.

Entre 2007 e setembro deste ano, as fiscalizações realizadas retiraram 37.267 crianças e adolescentes em situação irregulares de trabalho no país. Por ter se tornado uma referência na erradicação do trabalho infantil, o Brasil sediará, em 2013, a III Conferência Global sobre Trabalho Infantil.

Fonte: MTE

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s