Entidades lançam Nota contra a exoneração de Daniel Dambrowski da UFSC

foto-daniel

Daniel Dambrowski

NINGUÉM FICA PARA TRÁS!
CONTRA A EXONERAÇÃO POLÍTICA DO COMPANHEIRO DANIEL DAMBROWSKI DA UFSC

A reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina cometeu um crime contra as liberdades democráticas em nosso país e, em especial, no serviço público federal. Desde a gestão da reitoria anterior, Daniel Dambrowski, um trabalhador da UFSC, estava sendo perseguido e ameaçado de exoneração. Processo que está em vias de se consumar diante da posição da reitoria exposta na data de hoje.

Daniel trabalha na UFSC desde 2012 e, como os demais servidores públicos, quando ingressou na instituição entrou em estágio probatório. Seu trabalho sempre foi cumprido com zelo, sem ausências, atrasos ou negligência. Daniel, além de trabalhar assiduamente, fez parte de um grande movimento político, proeminente entre 2012 e 2014 e que articulou uma pauta que incluía reivindicações democráticas da comunidade universitária de décadas, sobretudo a luta pela redução da jornada de trabalho dos servidores para 30h, com ampliação de atendimento (turnos de 12h). Foram muitas as lutas travadas e é por isso que Daniel Dambrowski está sendo exonerado sem nem ao menos ter o direito de defesa e a partir de acusações falsas e impossíveis de serem provadas.

Afirmamos contundentemente que se trata de uma exoneração política, ou seja, uma perseguição contra um trabalhador que ousou questionar e criticar as injustiças dentro da UFSC. Para tal seu processo foi fraudado: folhas foram trocadas, todas as suas avaliações foram realizadas com atrasos que chegaram a quase dois anos, e cerca de 70% dele possui alguma irregularidade nos trâmites legais. Todas essas vergonhosas irregularidades foram contestadas, mas a Pró-reitoria de Gestão de Pessoas fez vista grossa em um processo com páginas trocadas, em documentos sem assinatura, em avaliações que afirmam que Daniel quebrava equipamentos e faltava ao trabalho, mesmo que ele tenha uma declaração da própria Pró-reitoria contrariando isso.

Há uma nítida viragem na situação nacional em direção à quebra da legalidade e do mínimo respeito às instituições democráticas constituídas. Ao longe deste processo, ainda que não estivesse numa corte de justiça, Daniel se tornou réu de uma acusação, ao invés de ser avaliado como predica a lei. Quando um lutador é exonerado a partir de um processo fraudado isso significa mais do que a perda de um trabalhador do quadro da universidade: aponta para a exoneração do legítimo direito democrático de lutar por direitos.

Dessa forma, as entidades abaixo assinadas, vem a público repudiar a decisão manifestada pela vice-reitora da UFSC Alacoque Erdmann (com anuência do reitor Luis Carlos Cancellier), em homologar o parecer favorável à exoneração de Daniel Dambrowski, e exigem a imediata revogação deste crime.

Florianópolis, 17 de julho de 2017.

ASSINAM A NOTA
Movimento Avançando Sindical – MAS
Intersindical Central
Juventude Comunista Avançando – JCA
Esquerda Marxista
Liberdade e Luta
Sintrasem Florianópolis
Brigadas Populares
Sindprevs
Juventude do PT
PT Santa Catarina
Partido Comunista Brasileiro – PCB
Unidade Classista
Polo Comunista Luiz Carlos Prestes – PCLCP
APG – UFSC
Sindpd/ SC
CALCS – UFSC
CALIGEO – UFSC
ACD/SC
ANDES-SN UFSC
CALISS – UFSC
SINDSAUDE
Movimento por uma Universidade Popular -MUP
União da Juventude Comunista – UJC
CALH – UFSC
SINTRATURB
Movimento por uma Alternativa Independente e Socialista – MAIS
Juventude Socialista do Partido Democrático Trabalhista – JS PDT
SINJUSC
Movimento Sinte pela Base
CABIO – UFSC
Coletivo Feminista Classista Ana Montenegro
CRZ – Coletivo Rosa Zumbi SC
CALL – UFSC
União Estudantil Autônoma
GECA – UFSC
CALJ – UFSC
Coletivo Negro Minervino de Oliveira
CALA – UFSC
CALPSI – UFSC
União da Juventude Socialista – UJS
Assibge
PIBID Ciencias Sociais – UFSC
Coletivo MãEstudantes/ UFSC
CAFIL – UFSC
Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado – PSTU
Juventude Revolução – JR
CACINE – UFSC
CADe – UFSC
Coletivo Outros Outubros Virão
CAB – UFSC
CTB
SINTAEMA-SC
CARI – UFSC
SINDIMOTO-SC
SINTRAJUSC
UFECO
PT – Florianópolis
CUT – SC
Organismo de Base PCdoB – UFSC
Coordenação do Curso de Pedagogia
Sinte – Regional Florianópolis
Movimento de Mulheres Trabalhadoras Urbanas de Santa Catarina
CALQ – UFSC
Oposição Nós por Nós/RECC
Marcha Mundial das Mulheres – SC
Aprudesc – Sessão Andes
Simpe/SC
CALF – UFSC
CALPe – UFSC
CALMA – UFSC
ASSUFRGS – Sindicato da UFRGS, UFCSPA e IFRS
SINTESPE
Sinergia
SINASEFE SEÇÃO IFSC
Sindicontas
Juventude Frente Ampla
Sinte/SC
SINDES

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s